Copywriting: Como essa técnica pode te ajudar no seu Negócio Online

Você conhece o Copywriting? Sabia que essa técnica pode ajudar bastante no seu negócio online?

Se já está nesse mundo há algum tempo, se dedicando ao Marketing Digital, e já usa ferramentas diversas, métricas, redes sociais, entre outras coisas, então não deveria deixar de saber o poder que essa técnica tem para te oferecer.

Confira como aumentar a conversão do seu site!

Além de todas as técnicas de Marketing Digital que devem ser implementadas no seu negócio online, é muito importante que você adicione o copywriting a essas técnicas.

Ele deve ser um dos pontos cruciais a serem trabalhados para gerar mais conversões para a sua página.

Veja do que se trata, e veja também como usá-lo para aumentar as suas conversões. Confira!

O que é Copywriting?

O copywriting, no sentido mais lato da palavra, diz respeito à criação e produção de textos, independentemente de sua natureza.

Assim, poderemos estar falando de slogans, sites, posts, whitepapers, entre tantos outros estilos.

No entanto, e qualquer que seja o tipo de texto produzido, o objetivo é sempre realizar uma venda.

Assim sendo, no sentido mais técnico da palavra, o copywriting é a arte de escrever que fará promover uma pessoa, produto, negócio, além de editar, tecer, selecionar palavras de forma cuidadosa, sendo que estas irão levar o leitor a tomar uma determinada decisão.

Assim sendo, não podemos apenas resumir o ato da venda à comercialização do produto.

Isso porque o copywriter, ou seja, a pessoa encarregue dessa função, nem sempre quer vender o produto/ideia de uma única vez, mas o seu foco poderá ser o de influenciar a audiência na realização de dada ação, que poderá ser:

-> Subscrever a newsletter;

-> Entrar em contato com um email, ou telefone indicado;

-> Fazer o compartilhamento de um post, ou da empresa;

-> Entre outras opções.

Por que devo usar as técnicas do Copywriting?

A maior parte dos profissionais que trabalha na área do Marketing Digital consegue perceber quando um copywriting é mal feito, e até mesmo para o comum dos mortais fica demasiado perceptível, pois fica nítido quando um determinado texto não consegue sensibilizar os leitores.

Sabe quando você lê um texto, e no final não consegue entender qual a sua finalidade? Qual o objetivo do escritor? É isso mesmo que estamos falando.

Um erro muito comum de várias empresas é depositarem todos os seus trunfos nos seus anúncios, como se o seu artigo se vendesse por si só, deixando de lado as técnicas de copywriting – ERRO FATAL!

Quais as melhores técnicas de Copywriting?

Então, para que você consiga, de fato, converter as suas visitas em vendas, é necessário que você realize essas técnicas de forma correta.

Independentemente do tipo de conteúdo que você decida usar, lembre-se que existem 3 regras indispensáveis.

# Inspire o leitor;

# Motive os leitores a tomarem uma atitude;

# Influencie a relação com a marca.

Note que a regra de ouro é sempre partilhar conteúdo que seja relevante, assim como benéfico, para você, e para o leitor.

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos No Facebook

1. Copywriting: Repetição

A primeira coisa a dizer é que não tenha medo de repetir.

De fato, a melhor forma de memorização é através da repetição.

E na verdade, a repetição pode ser bastante eficaz na escrita, no caso do objetivo ser influenciar o leitor a algo.

Eu

Eu

Por quê?

Quando você repete sempre a mesma informação, mesmo de forma diferente, você estará passando confiança e segurança, além de estar reforçando a sua mensagem.

Assim, a imagem que passa para o leitor é de que você realmente está convicto daquilo que está dizendo, e que tem o know-how necessário para fazer tais afirmações.

De forma a otimizar essa técnica de copywriting, o ideal é que inclua em seus textos ideias e argumentos de formas distintas. Pode usar, desta forma:

* Exemplos;

* Histórias;

* Citações de alguém relevante para o assunto;

* Conclusões / considerações finais.

2. Copywriting: Use e Abuse do Porque

O porque é uma palavra muito poderosa pois geralmente as pessoas concordam com você quando você apresenta argumentos para ela.

É óbvio que quando alguém te apresenta razões para dizer uma determinada coisa, a probabilidade de você chegar a um acordo é muito maior.

Ao contrário, quando alguém não te apresenta uma explicação razoável para o que está dizendo, então a credibilidade será zero.

3. Redação: Comparar

Um copywriting bem feito é aquele que usa e abusa das metáforas e analogias.

De fato, eles são elementos perfeitos para se converter as visitas em vendas.

Pense o seguinte, quando você transmite alguma coisa que o próprio leitor já aceita como uma verdade absoluta, então, a relação entre o leitor e a sua marca será bem mais fácil.

No entanto, não use comparações com outros produtos que sejam parecidos com os seus, pois poderá correr o risco de o leitor ter curiosidade de comparar e acabar perdendo um cliente para o seu concorrente.

Por isso mesmo, opte por comparar, por exemplo, as horas que você gastou com o trabalho com o produto final.

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos No Twitter

4.Copywriting: Soluções

Apresentar soluções para um determinado problema que o leitor está sentindo, ou um problema que você tenha feito despertar no leitor, é uma das técnicas de copywriting mais eficazes.

Eu

I. Identifique os problemas;

II. Qualifique o seu público (Leia esse Artigo sobre o assunto) (para isso poderá usar as ferramentas do facebook, por exemplo, para ver quem são os seus leitores, ou até mesmo na página, veja quem o lê na maioria – homens, mulheres, jovens, meia idade, etc);

III. Toque na ferida, provoque onde mais dói;

IV. Ofereça a solução para o problema que causa essa dor, a solução para a ferida.

Dessa forma, você estará criando uma empatia entre você e quem está do outro lado, ganhando logo alguns pontos no que toca a captar o leitor para o seu lado.

Isso acontece porque você estará dando a entender que você conhece bem quais são os problemas que ele está enfrentando, ou que também já passou pela mesma situação, e que consequentemente, você ultrapassou esses problemas e tem a solução.

5. Copywriting: Prognósticos

Para fazer um bom copywriting, você deve fazer de tudo para que o seu cliente projete o próprio futuro.

Você deve ser capaz de demonstrar o que ele pode alcançar no caso de adquirir o seu serviço, ou produto.

No entanto, para que isso aconteça, você deve ser credível, e dar segurança para o leitor.

Essa é uma estratégia que não é feita da noite para o dia, e leva o seu tempo a ser construída.

Deve, portanto, ao fazer o copywriting, fazer o seu público-alvo olhar para o futuro, desejando o que você estará oferecendo.

6. Copywriting: Exclusividade

Geralmente as pessoas gostam de se sentir em grupos restritos, ou seja, grupos selecionados, pois isso lhes dá a sensação de exclusividade, de pertencerem a um grupo que poucos conseguem aceder.

Ou seja, eles se sentem especiais.

Dessa forma, aproveite esse fator para incluir em seu conteúdo de copywriting.

Procure saber o que o seu leitor quer.

Para isso poderá usar o Google Adwords para pesquisar palavras ou frases que o seu público pesquisa, dando dicas para você.

Faça um convite para entrar num grupo restrito, mostrando que ele poderá diferenciar-se dos restantes por pertencer ao mesmo grupo.

Aqui poderá pedir que eles forneçam o seu email, o que fará com que você ainda consiga aumentar os seus contatos para email marketing.

7. Copywriting: Rebata as Objeções

Como disse anteriormente, a primeira coisa a fazer é descobrir quem é o seu público-alvo.

A partir do momento que você sabe quem é, ou quais são as personas, você terá muito mais facilidade em dirigir o seu conteúdo para elas.

E a partir do momento que você conhece bem o seu público, a sua audiência, saberá exatamente quais as objeções que eles fazem, o que fará com que você faça o seu copywriting dando sempre alternativas no que toca a essas objeções (questionamentos).

8. Redação: Storytelling

Todo o mundo gosta de ouvir uma boa história, e não há dúvidas de que toda a informação que recolhemos nos é passada dessa forma, desde muito novos.

Por isso, ao fazer um bom copywriting, não deixe de incluir uma história convincente (quem sabe a sua!).

Além de ser convincente, gera influência, e chama a atenção da sua audiência, fazendo com que estabeleça conexões entre vocês.

Quando você conta uma história, é capaz de dizer aquilo que sente, aquilo que pensa, sem ter necessidade de usar o modo imperativo, que por vezes causa incômodo no leitor, e ainda permite que o seu público tire as suas próprias conclusões.

No entanto, no seu copywriting, sempre inclua e crie algo que o seu público se sinta identificado, ou seja, fazendo com que as pessoas se sintam dentro da história, fazendo parte dela.

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos No Google+

9. Copywriting: Diga Não aos Buzzwords

De forma simplificada, são termos criados para representar alguma ação ou difinir alguma coisa, por exemplo:

Eu

Eu

B2B – Negócios feitos de empresa para empresa

Valuation – É o processo de levantamento do valor de uma empresa

Não as use de forma excessiva, e de preferência, não as use de todo. Elas podem confundir o leitor.

Sei que a ideia é boa, e a intenção é a melhor de todas, mas a verdade é que esses buzzwords comprometem a concisão do seu texto, o que fará o seu copywriting ter uma qualidade inferior, atrapalhando muitas vezes o desenvolvimento do leitor com aquilo que você está escrevendo.

10. Redação: Call To ações

Os call to actions são primordiais para um bom copywriting.

Da mesma forma que um call to action bom traz resultados surpreendentes, um mau, afunda por completo o seu copy.

Isso acontece porque deixa o leitor numa situação dúbia, onde eles não sabem qual será o próximo passo.

De fato, no que toca a produção de conteúdo, essa é uma daquelas tarefas difíceis de enfrentar, mas necessárias.

11. Copywriting: Concorrência

copywriting

Use e abuse do google para fazer pesquisas sobre a sua concorrência. (Assine a lista de email no site que receberá um artigo fantástico sobre o assunto e mais as ferramentas que devem ser usadas – Artigo exclusivo para assinantes)

Vá acompanhando os seus concorrentes de perto, saiba qual é o estilo de copywriting que eles empregam.

Endenta como elas fazem a apresentação dos seus produtos, e quais as ferramentas que eles usam.

Veja também que tipo de call to actions eles usam, e como eles conduzem o tráfego.

Tente perceber o que está dando certo nos seus concorrentes, e aquilo que poderá não estar funcionando tão bem.

Ah! E nunca se esqueça de aprender com eles, aproveite para adquirir ainda mais conhecimento.

12. Copywriting: Teste

copywriting

Não deixe de testar sempre. Faça testes e mais testes. O segredo de um bom copywriting é testar sempre várias formas de dispor e criar o conteúdo.

Experimente alterar as cores dos títulos e subtítulos, mude o local das imagens, os tamanhos, onde coloca os botões, o tipo de letra, entre todas as outras opções que a plataforma permitir.

Lembre que deve sempre pensar com os olhos e a cabeça do seu público-alvo, da sua persona.

Não se esqueça de sempre fazer uma análise das métricas, pois são excelentes ferramentas para ter uma ideia do que tem sido mais eficaz até ao momento.

Considerações finais

A verdade é que a escrita para uns é um dom, e eles escrevem de forma instintiva, e podemos mesmo dizer que fazem um bom copywriting.

No entanto, essa é apenas uma pequena minoria.

A maior parte das pessoas não possui esse feeling perfeito, mas ele pode ser treinado e trabalhado.

Aliás, ele pode ser aprendido e ensinado, o que faz de qualquer pessoa capaz de se tornar num excelente copywriter, mesmo que não tenha um dom inato para o copy.

Se esse é o seu caso, não deixe de investir.

Um bom copywriting é fundamental para que você consiga estabelecer uma relação com o seu cliente, além de gerar leads, sendo crucial para o sucesso do seu negócio.

Siga as nossas dicas e técnicas de copy para tornar o seu negócio online em algo muito lucrativo, e quem sabe, criando uma viralização da sua marca.

Não deixe também de testar todas as ferramentas que citamos para criar um bom copy, e não se esqueça de incluir em todos os seus textos as técnicas de copywriting acima descritas.

Gostou do Artigo? então assine a lista de email e receba conteúdos exclusivos sobre como montar seu Negócio Online.

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos No Facebook

Não esqueça de fazer seus comentários logo abaixo, pois a sua colaboração irá fazer com que eu possa te ajudar.

Até breve!

Jota.

 

Posso te Ajudar a Montar o Seu  Negócio Online. Não Perca  Essa Oportunidade. Pegue Seu Ebook Grátis!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *